Utilização de Ozônio em Instalações Hospitalares:

O Ozônio, depois do Flúor, é o mais poderoso desodorante e desinfetante existente na natureza, e uma de suas principais características, é não gerar resíduos. Está cada vez mais sendo utilizado em hospitais, hotéis, indústrias e até mesmo em residências.

O Ozônio destroi agentes patogênicos, como E-coli, Salmonella, Listeria, Giardia e Cryptosporidium, estreptococos, estafilococos, bacilos do cólon, etc. Sua ação também se estende às difterianas mais fortes e toxinas do tétano.

Adicionado na água, o Ozônio reduz substancialmente ciclos de lavagem, desinfecção de roupas hospitalares, diminuindo a utilização de produtos químicos. Odores de ambientes e de resíduos também são eliminados totalmente, deixando uma atmosfera fresca e um ambiente higienicamente livre de bactérias, fungos e vírus infecciosos, enriquecendo a concentração de oxigênio. Isto é realizado por três ações:

  • Ação Microbicida e Fungicida
  • Ação desodorante
  • Oxigenação

E todo esse processo de forma natural, ecológico e econômico!

A ANVISA recomenda o uso do Ozônio !

COMO FUNCIONA ?

Constituído por 3 átomos de oxigênio (O³), o Ozônio gera grande poder para quebrar moléculas com duplas ligações e anéis aromáticos, através de ozonólise. No final do seu ciclo, o Ozônio é convertido de volta para o oxigênio molecular (O2).

A ação do Ozônio é surpreendentemente limpa e rápida na eliminação de microorganismos, através da ozonólise sela ou rompe a membrana da célula e dispersa citoplasma, impedindo a sua reativação ou reprodução. Sua ação virucida é levada a cabo através da destruição de vírus-dimensional tampa, que não tendo qualquer sistema de ancoragem, não adere à célula e morre. Em moléculas aromáticas ou poluentes químicos, o Ozônio forma uma terceira molécula instável que se rompe, baixando seu peso molecular.

O Ozônio é um gás de fórmula molecular O³, tem uma grande capacidade de oxidação, obtendo assim a destruição total de moléculas já existentes, alcançando uma desinfecção perfeita, diminuindo assim o risco de contágio ou propagação de doenças.

Salas de espera de hospitais geralmente possuem uma atmosfera altamente carregada, por isso a instalação de Geradores de Ozônio OZONIC é imprescindível, evitando riscos de transmissão de doenças, é eficaz também em todos os ambientes hospitalares, gerando uma atmosfera altamente propícia para a recuperação dos pacientes.

PRODUÇÃO E CERTIFICAÇÕES:

Os Geradores de Ozônio para ar e água possibilitaram aplicações práticas dos benefícios que o Ozônio propicia, assim que chegaram ao mercado, com sistemas de fácil instalação e manutenção, com baixo custo. Os Geradores OZONIC são ideais na eliminação de INTERDIÇÃO EM UTI.

OZONIC produz Geradores de Ozônio com a mais alta tecnologia em sua fábrica em São Paulo, há 30 anos, por plasma a frio, evitando riscos e desvantagens da produção de Ozônio por tubos de luz ultravioleta, que podem ser assim resumidas:

  • A exposição à luz UV é uma substância cancerígena comprovada e provoca mutações celulares.
  • Você não pode controlar exatamente a quantidade de ozônio que produzem.
  • Mesmo que acendeu a lâmpada, sem aviso prévio podem parar de produzir ozônio.
  • A cada certo tempo, dependendo do fabricante, você tem que substituir ambas as lâmpadas, que eventualmente torna mais caro e mais manutenção.

Resultados obtidos no AR com o uso do ozônio:

  • Descontaminação bacteriana;
  • Desodorização local total;
  • Inibição do crescimento de fungos e leveduras;
  • Remoção de vestígios de odores na roupa;
  • Evite infecções de gripes etc, a gripe…
  • Precipitando os sólidos em suspensão de chão mais;
  • Reduzir o absentismo;
  • Maior desempenho no trabalho, elimina o estresse (síndrome do edifício doente);
  • Significativas economias de energia, reduzindo a ventilação necessária para reequilibrar o conteúdo de oxigênio e dióxido de carbono;

Resultados obtidos na ÁGUA com o uso do ozônio:

  • Desinfecção de patógenos;
  • Purificação bacteriológica;
  • Eliminação da matéria orgânica e biofilme;
  • Eliminação por decantação de sais de ferro e manganês.
  • Torna-se mais leve água a compostos de cálcio precipitado;
  • Inibição do crescimento de fungos e algas;
  • Economias importantes em compostos de cloro, fungicidas e algicidas;
  • Branqueamento e desodorização de água;
  • Remoção de fenóis;
  • Eliminação em alguns casos de cianeto;

Certificados para o Ozônio como bactericida, germicida e desodorizante:

  • WHO – World Saúde de Das Nações Unidas.
  • Instituto Pasteur em Paris, França.
  • National Research Council, Espanha.
  • Ministério da Agricultura, Estados Unidos.
  • Associação de Produtores de Alimentos, Estados Unidos.
  • FDA – Fud and Drugs Administration, Estados Unidos.
  • GRAS – Geral reconhecido como seguro, Estados Unidos.
  • EPRI – Electric Power Research Institute, Estados Unidos.

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas: